Na Rede: Palavras Intraduzíveis

Há algumas semanas surgiram na internet imagens fofas criadas pela artista britânica Maria Tiurina, sobre palavras de várias línguas que só existem nessas línguas. Suas ilustrações tem uma conotação global, de fazer com que todos consigam entender o que essas palavras querem dizer, não importa a língua que falam ou conhecem. Esse é o poder das imagens: são textos que permitem uma leitura universal, unem países e culturas diferentes.

Assim trouxemos nossas imagens preferidas da sua série, chamada “Palavras Intraduzíveis”:

Charming-Series-of-Illustrations-Depict-What-Words-Fail-to-Capture2__880

Cafuné, do português brasileiro: o ato de correr os dedos carinhosamente pelos cabelos de alguém.

Charming-Series-of-Illustrations-Depict-What-Words-Fail-to-Capture3__880-689x688

Gufra, do árabe: o amontoado de água que pode ser segurado com uma mão.

cute-illustrations-untranslatable-words-marija-tiurina-3-689x689

Duende, do espanhol: o poder misterioso que o trabalho de arte tem de tocar sentimentalmente uma pessoa.

cute-illustrations-untranslatable-words-marija-tiurina-4-689x689

Schlimazl, do ídiche: uma pessoa com uma má sorte crônica.

cute-illustrations-untranslatable-words-marija-tiurina-689x689

Luftmensch, do ídiche: se refere a alguém que é um pouco sonhador, literalmente significa uma “pessoa aérea”.

Series-of-Illustrations-Depict-What-Words-Fail-to-Capture__880-689x688

L’appel duvide, do francês: “o chamado do vazio” é a tradução literal da expressão, mas significa a vontade de pular de lugares altos.

Charming-Series-of-Illustrations-Depict-What-Words-Fail-to-Capture1__880-689x688

Torschlusspanik, do alemão: o medo de diminuir oportunidades ao longo dos anos.


Se quiserem acompanhar mais o trabalho dessa artista incrível, acessem o site:

http://marijatiurina.com/

Carolina Meireles

Anúncios